Press "Enter" to skip to content

Auto-estima no relacionamento

Eu te amo, mas não vou sofrer por você

Relacionamentos foram feitos para nos fazer bem, e para nos permitir crescer juntos.

Mas às vezes acontece o oposto, a pessoa nos faz mal, e nos diminui.

Tá errado isso.

Amor é pra ser bom, gostoso e prazeroso.

Se é sofrido, doloroso e tenso, então não é amor.

Pequenos conflitos existem, mas podem ser superados através de conversas, carinho e gentileza.

Se a situação parte para discordâncias constantes, clima ruim o tempo todo, e você vê que a pessoa não está disposta a mudar, chegou a hora do fim.

Esta é a verdade, ou você aceita e sai fora, ou continua sofrendo.

Nada de acreditar em promessas. Ele(a) não vai mudar.

Não quer mudar.

O mundo está cheio de gente incrível esperando pra te conhecer.

Só depende de você acreditar em si mesmo(a), se valorizar e se convencer de que merece mais e melhor.

Você merece.

Autor: Ronaud Pereira

 

CompartilheShare on Google+Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *